Category: Terrestres

CAVALGADA COM ASADO (churrasco)

Saídas: DIÁRIAS
Horários: 09h30 às 15h00
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

O transfer passará pelo seu hotel (cêntricos ou até o km 8 da Av Bustillo e Pioneros) a partir das 09h30. Iremos por aproximadamente 20 minutinhos até Dina Huapi sentido Villa La Angostura e mais 20 minutinhos pela “Estepe Patagônica” até chegarmos na Estância Don Ramón.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

Roupa adequada para montaria (jeans com térmica grossa por baixo caso não esteja nevando), casacos bem grossos pois o clima é bem frio, botas montaria ou tênis confortável também poderá ser utilizado. Em caso de chuva ou neve, roupas impermeáveis terão que ser alugadas.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

Ao chegar somos recebidos pelo pessoal na “Sede da Estância” (onde outrora funcionava uma escola rural) e ali são servidas as famosas TORTAS FRITAS ARGENTINAS… um tipo de PINCIN (italiano) ou um bolinho “achatado” de massa frita e também será dada uma pequena conversa ilustrativa sobre o local, a fauna e a flora.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

Ao terminar iniciamos a cavalgada, lembrando que: se você já tem vasta experiência com cavalos, estes animais desta estância são ESPECIALMENTE para iniciantes, ou seja, eles são aptos para quem pratica pela primeira vez o esporte. Se você exige “velocidade” então este local não é bem indicado para o seu caso. A cavalgada dura aproximadamente 2 horas e temos sempre 2 guias que nos acompanham.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

A maior parte do caminho é bem plano e raros são os momentos que se tem algum aclive/declive, ressaltando que é uma cavalgada apta para toda a família.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

Uma visita frequente na estância são os Condors. Aliás, nesta estância se avista o local onde “eles dormem” (uma parede rochosa com buracos).  É um espetáculo único a avistagem de Condors. Ao regressar à Estância, é hora de saborearmos o famoso “Asado Criollo Argentino” servido com entrada, prato principal e sobremesa.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

Inclui também um delicioso Vinho Argentino. Uma experiência deliciosa para viver pela famosa ESTEPA PATAGONICA ARGENTINA.

Passeios em Bariloche – Cavalgada com asado argentino

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

CERRO OTTO (CONFEITARIA GIRATÓRIA)

Saídas: DIÁRIAS
Horários: 10h00 às 16h30
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

A apenas 5 km da cidade por vias asfaltadas, o Complexo Turístico Teleférico Cerro Otto goza de uma localização absolutamente privilegiada. O teleférico (lembra o bondinho do Pão de Açúcar/RJ) liga a estação inferior (a 800 m do nível do mar) até o cume do cerro (a 1.405 m), cobrindo uma distância de 2.100 m. Tem capacidade para transportar 500 passageiros por hora.

Passeios em Bariloche – Cerro Otto

A 1.405 m do nível do mar, a Confeitaria tem 21 m de diâmetro, e gira em um raio de 360 graus em 20 minutos. Tem capacidade para 250 passageiros. Toda sua circunferência é de vidro blindex e possui calefação por um sistema de ar quente. Oferece iguarias doces e salgadas como Goulash no melhor estilo austro-húngaro, um cozido suíço, ou ainda um sortido regional com carnes defumadas (javali, truta, salmão, ciervo e outros). Sanduíches variados e deliciosas tortas.

Passeios em Bariloche – Cerro Otto – Confeitaria Giratoria

ATENÇÃO: na alta temporada é muito difícil conseguir um lugar na confeitaria para tomar um café que seja.  Mais de 90% dos garçons fingem “demência” para que possam sobreviver à absurda demanda, portanto, recomenda-se MUITA PACIÊNCIA!

Passeios em Bariloche – Cerro Otto
Confeitaria Giratoria

Da confeitaria tem-se a visão de todo o entorno de Bariloche: O aeroporto, as rodovias, Villa La Angostura, rodovia para El Bolson, o braço Blest do Lago Nahuel Huapi, toda a cordilheira com o Cerro Tronador (divisa com o Chile), o maciço Huemul, a Isla Victoria, A leste, o Lago Gutierrez se encontra com o Lago Moreno e o Nahuel Huapi tendo a cidade de Bariloche às suas margens que se estende por 36 km até o Hotel Llao Llao.

No andar inferior encontra-se uma mini-galeria de arte com réplicas perfeitas e idênticas às de Miguelângelo com certificação dada pelo governo italiano (DAVI, MOISES, PIETÁ) além de contar com um minicinema (utilizado unicamente para Convenções).

Passeios em Bariloche – Galeria de Arte com réplica de Miguel Angel em tamanho natural reconhecida pelo Vaticano

O funicular é um moderno sistema de transporte utilizado para levar o turista desde o final das pistas de trineos (skibundinha) até no alto do cerro. Pode levar até 30 pessoas por vez, atingindo a média de 800 pessoas por hora. Para a alegria da moçada!

Passeios em Bariloche – Funicular para culipatin – Cerro Otto

Antes, a subida era feita por escadas paralelas às pistas, que embora tenham seus atrativos, requerem certa exigência física para suportar pendências próprias de montanhas.

Além das fotos do local, o cachorro São Bernardo mais limpo e bem cuidado da cidade lá se encontra, para a alegria de adultos e crianças.

Passeios em Bariloche – Cachorro Sao Bernardo – Cerro Otto

ATENÇÃO: por ser um teleférico situado bem a frente do Nahuel Huapi, sem proteção arbórea alguma, qualquer vento mais forte faz com que o teleférico seja FECHADO!  É muito comum isso acontecer no inverno pelas fortes rajadas de vento.

Passeios em Bariloche – Cerro Otto

Para se chegar, basta tomar o ônibus do complexo que passa de hora em hora pela Rua Mitre (na agência informaremos detalhes deste transfer de ida e de regresso). A aquisição do voucher para subida ao teleférico pode ser feita em agências de turismo ou no próprio complexo (preço tabelado).

Por este motivo – pelo preço ser tabelado – compre comigo né? Ganhamos comissão na venda dos passeios e, caso você não possa utilizar o voucher por motivos climáticos, devolveremos 100% do valor na própria agência!

Seja amável – vivemos exclusivamente de vendas 🙂

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

EL BOLSON CON LAGO PUELO

Saídas: QUINTAS E SÁBADOS
Horários: 08h30 às 18h00
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

A cidade de El Bolsón fica a 129 km ao sul de Bariloche, na Rota 40. A rota 40 Sul é totalmente pavimentada e contorna os lagos Gutiérrez, Mascardi e Guillelmo, além de atravessar os rios Villegas, Foyel e Quemquentreu antes de entrar na cidade. El Bolson pertence à Comarca Andina do Paralelo 42.

Passeios em Bariloche – Mari Miranda – El Bolson

Durante a excursão se visita: um criadouro de Trucha (Truta), a pequena fábrica de cerveja artesanal que fica em frente a loja/fábrica que revende e produz doces finos, licores, sucos com frutas regionais. Um mais delicioso que o outro. Experimente e opte por trazer os ¨combos¨que a fábrica oferece! Uma fruta deliciosa além da famosa framboesa é a incrível fruta de nome sauco. (escura, azedinha, perfeita! – prove!)

Passeios em Bariloche – cabañas Micó – dulces artesanales – El Bolson
Passeios em Bariloche – dulce de SAUCO – cabañas Micó – El Bolson

Já a famosa Feira de Artesanato no centro da cidade de El Bolson, reúne uma enorme quantidade de produtos locais. São mais de 300 expositores de diferentes áreas da região Patagônica. Produtos em Madeira deixam alucinados os diversos turistas que por ali passam.

Passeios em Bariloche – El Bolson

Um pouco mais à frente, há apenas 16 km de distância encontra-se o famoso Lago Puelo, e seu respectivo Parque Nacional, que vale a pena visitar por suas águas coloridas de tons turquesas, bem como ao lado do lago passamos pelo famoso Bosque das Sombras – uma experiência única, em região de microclima (sempre mais quente que Bariloche). Passeio bem familiar.

Passeios em Bariloche – Lago Puelo – El Bolson
Passeios em Bariloche – El bolson

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

SAN MARTIN X RUTA DE LOS 7 LAGOS

Saídas: DIÁRIAS
Horários: 08h00 às 18h00
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

Fazer uma excursão entre Bariloche e San Martin de Los Andes é, sem dúvidas, ter uma oportunidade única para apreciar lindas paisagens de uma região premiada pela Natureza. Passa por dois parques nacionais: Nahuel Huapi e Lanín e a sucessão de lagos maravilhosos, compondo belas vistas com as montanhas, impressiona o viajante brasileiro e de todo o mundo!

Para quem está em Bariloche olhando de frente para o lago Nahuel Huapi, a saída da cidade é para a direita, na direção do aeroporto, bordeando o lago. Na extremidade leste do Lago NahuelHuapi, observe Bariloche vista de longe com as montanhas com neve de fundo. No regresso a cidade fica toda iluminada – belíssima!

Passeios em Bariloche – caminho a San Martin x la ruta de los 7 lagos

Depois de atravessar o Rio Limay, surge o entroncamento com a Rota 231. Nesse ponto, os Andes já se mostram ao fundo antecipando o extraordinário visual da viagem. RN 231 até Villa La Angostura = 80 km e RN 234 até San Martin de Los Andes = 120 km. Impressiona a vista panorâmica que surge quando a estrada encontra o Braço Huemul, um braço do Lago Nahuel Huapi que avança terra adentro formando a península Huemul. A combinação de montanha, lago e neve ao fundo é espetacular. Em qualquer época do ano essa excursão é sublime!

Passeios em Bariloche – San Martin x la ruta de los 7 lagos

Chega-se à Villa La Angostura (pequena e recanto preferido pelo sargentinos mais abastados) e logo em seguida já se pode vislumbrar dois outros lagos:  o Lago Correntoso e Lago Espejo (Espelho). Mais adiante, no extremo norte do Lago Correntoso, depois de Quintupuray, pega-se a Rota 234, ou Rota dos Sete Lagos. Por ela, avançamos para o norte em busca de San Martin de Los Andes. E começa uma viagem por paisagens nunca imaginadas: parques nacionais com florestas, grandes vales, rios e lagos.

Todos os lagos têm água cristalina, praias, truta, cipreste e florestas verdes nas proximidades.

São mais de sete, mas o nome como ficou conhecida: La Ruta de los 7 Lagos.

Passeios em Bariloche – San Martin x ruta de los 7 lagos
Mari Miranda – Passeios em Bariloche – San Martin x ruta de los 7 lagos

Eles são, em ordem de aparição: Correntoso, Espelho, Traful (onde às margens há uma aldeia alpina), Falkner, Villarino(estes dois separados por um estreito istmo, considerados os mais lindos do trajeto e onde há um mirante), Hermoso e Machónico e ainda o Lago Lacar em cujas margens se encontra San Marin de Los Andes. Esta área da Patagônia é perfeita para se ver os vestígios de tempos muito antigos. Há cerca de 10.000 anos, muito do que é agora a Patagônia, estava coberta por geleiras. O aumento das temperaturas causado pelo derretimento gradual da grande massa de gelo que se formou deu origem a esses grandes vales, lagos e rios, resultando na paisagem alpina que vemos hoje. Simplesmente alucinante estas paisagens! De tirar o fôlego!

ATENÇÃO: Por ser um passeio de dia completo, verificar se o menor de idade acompanhante tem “paciência” para ficar sentado boa parte do trajeto. Apesar de haver paradas variadas, muitos deles não suportam “paisagens”. E é um passeio puramente paisagístico!

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

CERRO TRONADOR (VULCÃO) GLACIAR NEGRO

Saídas: DIÁRIAS
Horários: 09h00 às 18h00
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

Com seus 3.491 metros – em plena Cordilheira dos Andes, este cerro fica na divisa da Argentina com o Chile, entre dois parques nacionais: o Vicente Pérez Rosales na província de Llanquihue, Chile e o NahuelHuapi, em Neuquén, Argentina. A excursão sai do centro da cidade e pega a Ruta 40. A primeira paisagem de interesse é a do Lago Gutierrez.  É assombroso verificar a mudança de paisagens à medida em que se avança: de um lado a vegetação seca da estepe e, do outro, a floresta úmida de Valdívia. Paga-se no local a taxa de parques nacionais (eles entram e cobram do passageiro dentro do próprio micro-ônibus – leve em pesos argentinos, não tem sinal para cartão, bem como não aceitam moedas estrangeiras – nem reais nem dólares).

O próximo ponto é o Lago Mascardi cativante com suas águas verdes, azul-turquesa dependendo da hora do dia (nós visualizamos as duas cores durante a excursão) e começamos a penetrar numa estrada florestal até chegarmos à Playa Negra, uma grande praia de pedras a 800 metros acima do nível do mar.

Nossa primeira parada é na famosa Isla Piuke, que em mapuche significa Ilha do Coração. É um coração perfeito e realmente muito linda!

Passeios em Bariloche – caminho ao Cerro Tronador

Passeios em Bariloche – ISLA PIUKE (ilha do coracao)

O passeio continua ao longo da Rota 40 até a estrada se bifurcar, e aí temos de um lado a Cascada de Los Alerces (que desde 2012 se encontra fechada para visitação) e do outro, o Tronador. Então, atravessamos a ponte sobre o rio Manso e chegamos a Pampa Linda que oferece as vistas mais incríveis do Tronador.

Almoço em Pampa Linda (não incluso na excursão).

Almocinho fraco, até meio carinho. Recomendamos levar seu próprio lanche na excursão. É um vilarejo de 20 pessoas aproximadamente (não tem para onde “correr”).

A Cerro Tronador é, na verdade, um vulcão extinto, porém geologicamente ativo. A sua última erupção é desconhecida, mas pensa-se ter ocorrido no Holoceno, ou seja, há mais de 10.000 anos e com baixíssima probabilidade de entrar em atividade. O nome do cerro é devido ao ruído de trovão (similar) produzido por deslizamentos de blocos de neve frequentes.

Esse glaciar é alimentado por constantes e estrondosas avalanches de gelo que se desmoronam do Glaciar Rio Manso a uns 700 metros acima da montanha. Quem já esteve no local pode afirmar ser este um dos momentos mais emocionantes da excursão.

Passeios em Bariloche – glaciar negro – Tronador – ventisqueros negros

É também aí que se encontram os famosos “ventisqueros negros”, as famosas GELEIRAS NEGRAS (o passeio mais comercializado o ano inteiro e mais procurado principalmente pelos europeus, por ser o único lugar do mundo que possui geleiras pretas). O Glaciar Negro é uma das sete geleiras que ocupam o cume do Cerro Tronador. Muito difícil ver alguém com carro particular fazendo esta excursão (os poucos são nativos). Por vários motivos e um deles é que tem hora exata para ir e hora exata para voltar, visto que próximo à base do Tronador existe um trajeto onde passa apenas UM CARRO POR VEZ.  Além disso, na temporada invernal acumula-se muita neve nesta estrada, dificultando a chegada a Base do Tronador.  Relaxe e curta essa maravilha em micros já acostumados e habilitados para te oferecer o melhor que há.

Passeios em Bariloche – Glaciar negro – Ventisqueros negros – Tronador

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

VILLA LA ANGOSTURA C/ BAYO

Saídas: DIÁRIAS
Horários: 08h30 às 18h00
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

Já falamos que o Cerro Catedral é a maior estação de Ski da América Latina, mas com certeza não é a melhor – a melhor continua sendo Cerro Bayo. Porém, por ser mais distante (aproximadamente 85 km) e mais “reservada”, ela também é um pouco mais cara (para quem deseja ter aulas).

A maioria das pessoas opta por:

Ou ir até o Bayo após ter tido as aulas e um primeiro contato no Catedral para aprimorar o que aprendeu (as pistas são infinitamente mais vazias).

Ou ir até o Bayo simplesmente para conhecer essa lindeza da Patagônia.

O caminho é alucinante!

Passeios em Bariloche – Lago Nahuel Huapi – caminho a Villa La Angostura

Lembrando que:

Para os que vão dedicar o dia para o ski = nao terão oportunidade de conhecer a Villa.

Só conhece a Villa La Angostura quem faz a excursão completa, parando logo na ída no Cerro Bayo, ficando aproximadamente umas 2 horas no Bayo e seguindo com a excursão até a Villa La Angostura, onde almoçam.

Esta é também uma ótima opção quando em um mesmo grupo familiar temos:

O papai esquiador, junto com um filhote esquiador e mamães que não gostaram tanto do ski, com a sogra ou com algum filhote menor que não querem ficar o dia todo na estação de Ski, e sim desejam conhecer a Villa, e o papai com o filhinho ficam no cerro esquiando e, no regresso, passam e pegam os que ficaram no cerro e voltam todos juntos ao hotel.

Atende e agrada a gregos e troianos.  No Cerro Bayo, além de 2 teleféricos:

Um aberto – mais indicado para os esquiadores ou para aqueles que adoram o ventinho gelado no rosto. Outro fechado para até 6 pessoas (mesmo valor do aberto) recomendado para aqueles que tem algum pânico de altura ou extremo frio.

Passeios em Bariloche – Teleférico Aberto no Cerro Bayo
Passeios em Bariloche – Teleférico fechado no Cerro Bayo

Temos também:

  • (quando habilitado) o Snow Tubing, que também são boias que você desliza assim como no Catedral por aquelas esteiras de Borracha – compra-se também no local e paga-se por combo de 2 descidas, 3 ou 5. (se estiver habilitado, pois quando cai muita neve, eles demoram dias para tirar a neve da pista – por esta razão decidimos não mais comercializar o serviço).

Ao chegar, nem consulte o guia – pois ele também não terá esta informação – vá diretamente ao lado da PISTA 3 – é no alto do cerro – saindo da cadeirinha aberta, passe por baixo do teleférico e vá para a sua direita – é ao lado da pista de SNOW PARA PRINCIPIANTES – informe-se no local – e veja você mesmo se está funcionando ou não.
Você desce com a boia e sobe pela magic carpet ao lado, a mesma esteira que leva os snowboardistas e esquiadores para a parte de cima.

Passeios em Bariloche – Snow Tubing no Cerro Bayo
  • uma pistinha (bem pequena! E sem meio de arrastre nenhum *) de ski bundinha recomendada para as criancinhas de 2 a 10 anos em geral (mas adultos também podem usar). Você paga no local o aluguel desta pranchinha por hora e pode ficar quantas horas você quiser (se ficar o dia todo no Bayo). Caso você faça a excursão clássica, terá aproximadamente 2 horas para brincar na neve. Na verdade esta pistinha serve mesmo para as crianças se cansarem! E elas adoram! Porque infraestrutura é zero. É uma pista levemente improvisada no alto da montanha. Desce com a pranchinha e sobe a pé! Sim, as crianças voltam mortas, rs.
Passeios em Bariloche – Ski Bunda no Cerro Bayo
  • *Meio de arrastre = qualquer coisa que puxe você para o alto, de onde você saiu – pode ser uma magic carpet, um teleferico ou os antigos pomas.
  • Caso não queira fazer nada: Guarde uns bons pesos para saborear um delicioso vinho no alto da montanha (é meio carinho, mas vale a foto!) Mate as inimigas de uma boa vez!
Passeios em Bariloche – vista de um dos restaurantes no Cerro Bayo

Seguimos para a Villa La Angostura onde almoçaremos em algum restaurante sugerido pelo guia e também faremos um Tour pela cidade, conhecendo também a parte do porto. Uma cidade que foi duramente castigada em 2011 quando o Vulcao Puyehue entrou em erupção, com cinzas que atingiram mais de 1 metro, assolando e isolando a cidade do turismo. Nesta época, mais de 4.000 pessoas (moradores) abandonaram a cidade. Mas a Fênix Patagônica ressurgiu ainda mais bela que antes. E por ser tão bela se transformou na princesinha alpina dos milionários argentinos.

Ela é uma cidade única, parada em seu tempo, charmosa, belíssima. Vale muito a visita!

Passeios em Bariloche – a “jardineira” onibus típico de Villa La Angostura

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

CIRCUITO CHICO C/ CAMPANARIO

Saídas: DIÁRIAS
Horários: 09h00 às 13:00 ou das 15h00 às 19h00
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

A excursão inicia-se em Bariloche pela Av. E. Bustillo, margeando o lago Nahuel Huapi. Na altura do km 8, encontra-se a Praia Bonita, de onde se pode apreciar as ilhas Huemul e Gallinas (Galinhas). Continuando o trajeto, no km. 16, encontramos o Cerro Campanário, em cujo cume (de 1050 metros do nível do mar) pode-se ter acesso por intermédio de teleférico (pago no local) e de onde se pode apreciar uma maravilhosa vista de 360° dos Lagos Nahuel Huapi e Moreno, Lagoa El Trebol (O Trevo), Ilha Victoria e dos Cerros Otto, López, Goye, Campanário, Catedral, Millaqueo e Bayo, além da cidade de San Carlos de Bariloche. Segundo a NACIONAL GEOGRAFlC, o Cerro Campanário tem a sexta vista mais linda do mundo!

Passeios em Bariloche – Cerro Campanario

Regressando à Av. Bustillo, chega-se à zona do Llao Llao, onde se encontra o hotel homônimo (o maior e mais caro da região), a capela San Eduardo e, sobre o lago Nahuel Huapi, o Porto Pañuelo.

Passeios em Bariloche Capilla San Eduardo

Continuando o trajeto, atravessa-se um setor de bosque até chegar à ponte do Rio Angostura, onde se comunicam o Lago Moreno com o Nahuel Huapi, na Bahia López, no pé do cerro do mesmo nome.

Logo, chega-se ao ponto panorâmico, de onde podemos perceber a magnitude de todo o percorrido anteriormente, visualizando o Hotel LlaoLlao, Porto Pañuelo, os Lagos Moreno e Nahuel Huapi e a Lagoa El Trebol. Margeando a Colônia Suiza, passaremos a ponte que cruza o lago Moreno, em sua parte mais estreita e passamos para um lado da lagoa El Trebol, fechando uns quilômetros mais à frente o Circuito Chico. Voltando à cidade paramos em uma fábrica de “rosa mosqueta” (óleos, cremes, geleias, chá).

Passeios em Bariloche – Hotel Llao LLao

Obs: O óleo de rosa mosqueta está se tornando um dos principais aliados da beleza natural devido ao seu grande poder de regeneração de cicatrizes da pele, manchas, estrias e rugas. Contém altos níveis de ácidos graxos poli-insaturados, linoleico, ácido oleico e linolênico.

Passeios em Bariloche – Fábrica de Rosa Mosqueta

Não inclui: Ascenso a Cerro Campanario (adultos $ 1.200 e menores $ 600)

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

CERRO CATEDRAL


Saídas: DIÁRIAS
Horários: 08h30 às 17h00 (dia completo) ou das 13h00 às 17h00 (meio dia)
Tags: passeios opcionais em Bariloche, excursões em Bariloche.

Com mais de 103 km de pistas, no meio de um parque de 600 hectares, o Cerro Catedral oferece 34 meios de elevação com uma capacidade horária de 26.700 pessoas. É o maior complexo de esqui da América do Sul! É o máximo!  Cerro Catedral recebeu este nome por seus picos parecerem uma catedral gótica medieval. Famoso também por representar a América do Sul na “Leading Mountain Resorts of the World”! Quando você chega parece a Disney; um baita estacionamento e várias casinhas que são escolas de esqui, lojas, restaurantes, café e até um shopping chamado “Las Terrazas”.

Um verdadeiro parque de diversões para todas as idades! Se o esqui não é o seu forte, existe por aqui também: snowboard, passeios em motos de neve em conjunto com quadriciclos, snowtubing (boias), e obviamente os famosos teleféricos!

Os cenários são realmente deslumbrantes!

O Pórtico de entrada ganhou em 2018 um ar bem “moderno” com uma televisão gigante de Led em sua fachada. Uma das observações que sempre falo no atendimento na agência é sobre “almoçar ou não no cerro catedral”. Eu particularmente não suporto perder tempo comendo em restaurantes “induzidos pelo guia”, aliás prefiro comer bem mas na cidade(à noite) e durante o dia recomendo sempre lanchar.

Uma excelente opção ao chegar na base do cerro Catedral, olhando para o pórtico é o famoso Tage– bem ao lado da Escola de Ski e Snow LA BASE (com a qual também trabalhamos). No Tage você poderá comer lanches rápidos e não perder seu precioso tempo. É rápido e muito mais barato que almoçar nos restaurantes do cerro. Guarde um dinheirinho para, se possível tomar um chocolate quente no alto da montanha.

(OBS: o tage após 66 anos, fechou suas portas devido ao Covid. Aguardemos.)

Passeios em Bariloche – Base do Cerro Catedral

Também na base, nos meses de junho, julho, agosto e setembrose concentram as famosas “donas” ou mais conhecidas como boias ou tubing. Ao contrário do que muita gente imagina, as “donas” só saem da base do cerro e sobem para a parte nevada no alto da montanha, no mês de outubro – após as pistas de ski fecharem. É um atrativo a mais para que os turistas visitem a estação de ski. Caso contrário elas funcionam unicamente na base do Cerro, o que, cá entre nós, não tem nada de muito emocionante.  É uma pista de “borracha”, um tipo de esteira, que desce uma única vez. Paga-se por descida. Sobe-se pela lateral em uma esteira chamada magic carpet.

Menores de 11 anos = PROIBIDO DESCER NAS DONAS.

Passeios em Bariloche – donas no Cerro Catedral

Além das boias (donas) no site do Catedral podemos ver: RAQUETAS, SNOWBMX, TRINEOS (ski bunda).

Amigo, você que está chegando me avise onde eles estão instalados pois, das raras vezes em que vi os trineos funcionando era subindo pela princesa (cadeirinha aberta) e não era todo dia, além de estar sempre cheio de estudantes. Idem para o snowbmx (bicicletinha) e as raquetas diretamente nunca se soube da existência.

Às vezes o Catedral oferece serviços que nunca ou quase nunca estão habilitados, afinal, após ter andando mais de 45 minutos para chegar ao cerro, algo você teria como atrativo, mas não se iluda. De qualquer maneira, ao chegar, vá até a bilheteria ou pergunte ao seu guia se algum destes serviços estão habilitados ou não.

NÃO COMERCIALIZAMOS NENHUM SERVIÇO DO CERRO CATEDRAL ALÉM DO SKI, DO SNOW, DAS MOTOS DE NEVE E DO LA CUEVA.

Ah, teoricamente não é permitido levar pranchinhas de ski bunda (que podem ser alugadas pelo centro e são baratinhas) para o Cerro, para a montanha, mas todo mundo acaba escondendo a “pranchinha˝ dentro do casaco e subindo com elas. No alto do bondinho fechado AMANCAY a direita de quem chega do bondinho tem uma pista improvisada quase sempre, e também ao lado do Cable Carril (mas não é nada oficial– foi feita ˝aleatoriamente˝ para que os pais tivessem uma opção principalmente com crianças menores de 10 anos.

É um ˝chiqueirinho˝ cercado por telas para proteger dos esquiadores (Cable Carril) no Amancay nem tela protetora tem. Podem tirar sua pranchinha: teoricamente podem! Devo arriscar? Lembre-se que o não você já tem, e se por acaso eles solicitarem que deixe a pranchinha por lá, exija-a na volta. Simples. Se você não pretende esquiar e pretende apenas “visitar o Cerro”, você poderá optar por 3 meios de elevação:

CADEIRINHA ABERTA P/ 2 PESSOAS = PRINCESA I, II E III (TOUR AVENTURA)

Esta é a opção que eu mais detesto, por ter 3 tramos (trechos) sendo que cada um dos trechos = 15 minutos! Ou seja, para você atingir o ponto mais alto, demorará 45 minutos! (Se não congelar antes, claro rs), sem contar que é o teleférico que as empresas estudantis mais utiliza na temporada! (Cheio de estudantes, portanto!)

Passeios em Bariloche Tour aventura (Princesa 1, 2 e 3)

TELEFÉRICO FECHADO P/ ATÉ 4 PESSOAS = AMANCAY (TOUR NATURALEZA)

Esta é a opção mais rápida e mais viável na temporada. O bondinho fechado acomoda bem até 4 pessoas e sobe rapidamente, não fazendo você perder muito tempo na Base do Catedral – excelente também para quem está com bebês ou crianças de colo.

Este teleférico transporta pedestres e esquiadores!

Este teleférico te leva a um dos restaurantes mais belos do Cerro, o famoso LA ROCA.

Não que ele tenha uma ˝alta gastronomia˝, e sim pela vista alucinante que te oferece! Pelo menos reserve uns 30 minutinhos de sua estadia para tomar um delicioso chocolate quente com ˝crema˝ (creme de leite batido) ou um belíssimo Champagne no local. Vale muito a pena! (tomara que você consiga um lugarzinho perto da janela!)

Passeios em Bariloche Tour Naturaleza (Amancay)

TELEFÉRICO FECHADO P/ ATÉ 25 PESSOAS = CABLE CARRIL (REF LYNCH)  (TOUR HISTÓRICO)

Na baixa temporada, esta é uma opção que às vezes está aberta e às vezes intercala com o Amancay (4 pessoas). Na baixa vale a pena tentar subir neste bondinho. Na alta temporada recomendo distância deste meio de elevação devido à absurda quantidade de pessoas no Centro de Ski que ˝tentam˝ subir até o famoso refugio Lynch. Porém, na alta temporada já vimos mais de 4 horas de fila. Impossível!  Salvo que você chegue logo cedo e, ao abrir o centro de ski você opte primeiro pela subida e depois demais atividades.

Passeios em Bariloche – Cable Carril no Cerro Catedral

Este é o bondinho Cable Carril (aproximadamente 20 minutos de subida) e te leva a um determinado ponto da montanha.  Se estiver habilitada a extensão, você desce e não entra no restaurante que tem logo na saída deste bondinho, pegue a sua esquerda, siga reto e ˝saia˝ para a parte aberta.

Você verá umas cadeirinhas normais abertas, de 2 lugares e de 4 lugares (ATENÇÃO: as de 4 lugares só podem subir esquiadores! Nem tente subir que eles não permitem!).

Se vocė conseguir pegar esta cadeirinha aberta (2 lugares) esta extensão leva você até o famoso REFUGIO LYNCH – o ponto mais alto do Catedral e, com céu aberto você conseguirá uma foto assim:

Passeios em Bariloche – vista do Refugio Lynch (subiendo pelo Cable carril)

O refugio Lynch é um refugio como outro qualquer, rústico, todo em madeira que fica, assim como todos os demais, nas saídas dos meios de elevação.  Serve sanduiches, pizzas e comidas rápidas no geral.  Carinho! Eu tomaria uma água ou café (pela vista) e deixaria para comer na base!

Este bondinho é também conhecido como tour histórico, mas nada mais porque ele foi o primeiro meio de elevação e o primeiro refugio do Centro de Ski. Nada mais! Para visitá-lo precisa-se ter consciência de que se forem na excursão clássica de meio período, com saída às 13h00 na alta temporada vocês não conseguirão visitá-lo.

O guia da excursão saberá informar melhor qual o meio de elevação mais viável naquele dia. Informe-se com ele no decorrer da excursão. Este teleférico transporta unicamente PEDESTRES! Esquiadores terão que subir pela cadeirinha sextuple que fica paralela ao Cable Carril.

Além destas opções para pedestres (chamados PEATONES por aqui) temos também as opções esportivas para quem deseja VIVENCIAR o Ski ou o Snowboard. Trabalhamos ha 12 anos com a mesma escola de Ski (La Base), no próprio centro de Ski. Se você pretende fazer uma das duas atividades (Ski ou Snow) obrigatoriamente terá que ser DIA COMPLETO a sua ída (não existe forma de fazer aula em meio período, ou seja, na excursão de meio dia).

O horário para as aulas coletivas começam às 10h00 – mas antes disso os passageiros tem que:

  • chegar com o transfer do hotel ao Centro de Ski
  • comprar pase diário de montanha
  • equipar (pegar o equipamento do referido esporte)

NÃO COMERCIALIZAMOS NENHUM TIPO DE PASE DE MONTANHA!

PAGA-SE NO LOCAL EM PESOS ARGENTINOS (NA ESCOLA) OU EM CARTÃO DE CRÉDITO (NA BILHETERIA DO PRÓPRIO CERRO)

Lembrando que: ao adquirir o seu pase diario (seja na escola ou na bilheteria) você terá que comprar também o KAY KARD (é um tipo de cartão magnético que te dá direito a utilizar em toda Estação de Ski). No ano de 2019 ele custava 200 pesos. E caso você devolva no final das atividades na bilheteria unicamente (mesmo que você tenha comprado em dinheiro, na escola), eles te devolverão o importe pago por ele, se esquecer não existe forma de recuperar este dinheiro, pois o pase é diário.  Portanto, devolva-o ao término de suas atividades.

CUIDADO: O Cerro Catedral tem mania de fazer “promoções” que são uma verdadeira barbaridade. Exemplo: para os esquiadores de 3 dias eles fazem um PAC – onde teoricamente o passageiro teria um benefício de uns 250 pesos ou 300 pesos (menos de R$ 20 geralmente). O problema não é a promoção e sim o que ocorre caso você não utilize um dos dias.

Vamos fazer de conta que você comprou esse pac de 3 dias e você o utilizaria 2, 4 e 6 feiras (sendo que você vai embora no sábado). O que acontece em qualquer centro de Ski do mundo se for impossibilitado de abrir suas portas por causa do clima, do vento, etc. e você não tem mais tempo para ficar na cidade, tipo outro dia para voltar (sexta-feira) ??? Eles te devolvem o dinheiro, certo? Sim, nos demais cerros SIM! – já no CATEDRAL eles te RENOVAM este pase para ser usado em até 12 meses.

NÃO – ELES NÃO DEVOLVEM O SEU DINHEIRO!

PORTANTO, PENSE SE VALE A PENA COMPRAR ANTECIPADO O PASE.

A PATAGÔNIA É EXTREMAMENTE VENTOSA E VIRA E MEXE O CERRO FECHA POR CAUSA DO VENTO. EU NÃO ME ESTRESSARIA – PERDERIA TEMPO MAS COMPRARIA TODOS OS DIAS, DIA POR DIA. #ficaadica

Voltando às aulas, quando você adquire na agência a clase coletiva (máximo de 10 pessoas) com equipos ou clase semi exclusiva (se sua família é composta por 4 a 6 pessoas)  ou clases exclusivas de 1, 2 ou 3 pessoas geralmente o horário marcado é as 10h00 da manhã para que possam aproveitar bem a aula e depois treinar bastante nas pistas habilitadas para iniciantes.

Os equipos são:

SKI = BOTAS, BASTOES E AS TABLAS DE SKI

SNOW = BOTAS E PRANCHA DE SNOW

Pega-se o material na base do Cerro Catedral, na própria escola. Sem necessidade de alugar pela cidade.

Passeios em Bariloche – ski no Catedral
Passeios em Bariloche – Ski no Catedral
Passeios em Bariloche – Snow no Catedral

Tanto para os pedestres (os que vão para passar dia completo – das 08h30 às 17h00) ou para esquiadores que já estão no centro de ski temos a opção da travessia diurna de quadriciclos e snowmobile na base do cerro.

Este passeio é o mesmo que o La Cueva, porém totalmente sem comida alguma! É apenas o percurso guiado onde os 10 a 15 minutos iniciais são em quadriciclos seguidos de mais 10 a 15 minutos em motos de neve (troca-se ao final da moto a pessoa que está atrás passa para a frente) e desce dirigindo mais 10 a 15 minutos as motos de neve e depois mais 10 a 15 minutos em quadriciclos.

VOCÊS DIRIGEM AS MOTOS E MENORES DE 18 ANOS = PROIBIDO DIRIGIR!

Caso sua família seja composta de 3 indivíduos terão que ser comprados 2 quadriciclos/motos.

Se a sua composição familiar for: UM ADULTO E 2 MENORES = solicite na agência a possibilidade de que um guia dirija os veículos para este menor. (Sob Consulta)

Se você é PEDESTRE e não está fazendo nenhum esporte – recomendo pegar logo o primeiro horário as 10h00 da manhã, ficando assim mais livre para as demais atividades.

Se você é ESQUIADOR, o ultimo horário permitido será às 14h45 apresentação no local, pois a partir das 16h00 começa o After Ski (La Cueva) e logo após já ficam os horários designados ao jantar La Cueva.

Falaremos mais adiante sobre os Jantares de Montanhas disponíveis. Geralmente o passeio combina quadriciclos com motos de neve mas, caso haja muita neve, as motos de neve já saem diretamente da base do cerro Catedral (raríssimas vezes vi isso acontecer), não sendo utilizados os quadriciclos e o percurso todo é feito, nestes casos, em motos de neve unicamente.

Passeios em Bariloche – travessia diurna do La cueva
Passeios em Bariloche – travessia diurna do La cueva

Infos e reservas: vanessa_olivatti@uol.com.br / vanessa.olivatti@gmail.com
Whatsapp para consultas rápidas: +54 9 2944 62 4541

#vanessaolivatti #barilochetotal #bariloche #excursoes #ferias #vacaciones #patagonia #inverno #winter #excursoesembariloche #inverno2022 #mochileiros #mochilando #viagememfamilia #passeiosembariloche #trip #happy #ski #snow #snowmobile #motosdeneve #quadriciclos #excursiones #excursionesenbariloche #paseosenbariloche #viajeenfamilia #paseosenbariloche #motosdenieve

© 2022 barilochetotal

Theme by Anders NorenUp ↑